O caso das “Pussy Riot”

Vendo bem as coisas parece-me que estamos perante uma injustiça cometida contra as cantoras. Aquando do protesto dentro de uma igreja ortodoxa, elas protestavam, é claro, contra Putin e contra o apoio da instituição ortodoxa para com Putin. Por isso mesmo, é legítimo que protestem dentro de uma igreja ortodoxa, porque a Igreja não se deve meter em política – “Dá a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”. Só se deve meter quando a situação justifique, quero dizer quando as coisas vão bem, não se deve meter. Quando as coisas vão mal, deve-se intrometer para o lado dos mais fracos, e neste caso porém fez o contrário, o que pode ser sintomático de corrupção.

E por estas razões as “Pussy Riot” são inocentes, pois apenas protestaram contra a situação em que o país se encontra. Não interessa que tenham profanado uma igreja, pois a instituição ortodoxa já se tinha profanado a si mesma, com o apoio dado a Vladimir Putin. Olho por olho dente por dente.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: