Author Archives: sonicgame89

Sou uma pessoa normal com interesse por aprender novas coisas. Gosto muito de filosofia, artes e crítica social. Gosto de ler, jogar futebol, navegar na internet e conhecer pessoas novas. Actualmente frequento o curso de Sociologia na Universidade no Minho.

Jesus tem razão

O treinador do Benfica defende que o Benfica joga com poucos jogadores portugueses porque em Portugal não existem jovens com potencial para se apostar. Façamos um raciocínio, a maioria dos jogadores do Benfica vêem da América Latina e da Europa Central, sendo essas áreas geográficas muito maiores do que Portugal. Se o mundo como Jesus diz está cada vez mais globalizado, porque é que no futebol havia de ser diferente? Concordo plenamente com Jesus, que critica os moralistas hipócritas.

A realidade do empreendedorismo

É que apenas alguns conseguirão algo por mérito próprio. E que outros precisarão da ajuda do Estado, mesmo que sejam trabalhadores.

Socialismo

Este artigo do Esquerda é melhor prova de que o verdadeiro socialismo é uma economia mista. E prova também, olhando para o caso português, que a sociedade ideal, é o lugar onde podemos viver bem, sem entraves por parte do estado, e com liberdade. Contudo o Estado tem de existir, mas a liberdade empresarial também.

Para entender bem

http://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/5166904.htmlOs deputados não estão acima da lei, nem abaixo da lei. Pensamento de Daniel Oliveira, que salientado pelo José Maria Gui Pimentel é bem dito; e que me fez publicar mais um post no meu blog!

O oposto do amor

Segundo Eurico Veríssimo o oposto do amor é a indiferença e não o ódio – muito bem dito.

A injustiça feita à Casa da Música

Primeiramente com o anterior Secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, a Casa da Música recebeu um tratamento igual ao Centro Cultural de Belém. Agora entra um novo secretário, e só se efectuam cortes na Casa da Música, e não no Centro Cultural de Belém, porque razão?

Solidariedade sim, mas sem comprometer a família.

É verdade que a crise aperta o cinto a todos os portugueses. E que algumas crianças possuem o direito de terem almoços grátis nas escolas. Todavia, caso os jantares também passem a ser oferecidos, estes devem ser efectuados em casa, em família e não nas escolas. Subscrevo Helena Matos sobre o que diz no Blasfémias.

“Nenhuma guerra se ganha sem travar batalhas”

A ler o post interessante do Pedro Correia sobre a teoria do combate. Não só fala de que devemos ter classe ao lutar, mas que também devemos por a mão na massa.

Concordo

Apoio a opinião de João Campos no Delito de Opinião relativamente à questão dos multibancos, na cadeia de supermercados Pingo Doce. Concordo com ele, porque o Pingo Doce é livre decidir que tipo de políticas pode implementar para lidar com os multibancos. Quem não estiver bem, sempre pode ir a outro lado. Não há nada de grave nisso. 

Por outro lado acho que ninguém no seu perfeito juízo se importaria com esta questão, porque existem poucas contrariedades em levantar dinheiro do banco. E apoio a opinião do João Campos também, porque quando avaliamos uma empresa, temos a obrigação de ver os dois lados; o lado da empresa e dos consumidores.

O caso das “Pussy Riot”

Vendo bem as coisas parece-me que estamos perante uma injustiça cometida contra as cantoras. Aquando do protesto dentro de uma igreja ortodoxa, elas protestavam, é claro, contra Putin e contra o apoio da instituição ortodoxa para com Putin. Por isso mesmo, é legítimo que protestem dentro de uma igreja ortodoxa, porque a Igreja não se deve meter em política – “Dá a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”. Só se deve meter quando a situação justifique, quero dizer quando as coisas vão bem, não se deve meter. Quando as coisas vão mal, deve-se intrometer para o lado dos mais fracos, e neste caso porém fez o contrário, o que pode ser sintomático de corrupção.

E por estas razões as “Pussy Riot” são inocentes, pois apenas protestaram contra a situação em que o país se encontra. Não interessa que tenham profanado uma igreja, pois a instituição ortodoxa já se tinha profanado a si mesma, com o apoio dado a Vladimir Putin. Olho por olho dente por dente.